Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
joaoenricolima

PRÁTICAS DE GESTÃO DA DIVERSIDADE EM ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS

PRÁTICAS DE GESTÃO DA DIVERSIDADE EM ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS


Quem nunca sonhou em trabalhar de residência? Ou exercer tua atividade profissional do outro lado do universo? Com apoio por este caso, há muitos programas que buscam conciliar as duas coisas - viagens e trabalho remoto - e uma onda massiva de corporações que permitem que grupos de nômades digitais realizem esse sonho.


Um dos exemplos de maior sucesso é o http://numerologiaecabala.iwopop.com/Home , fundada por uma mulher com vários anos de experiência em viagens: Mevish Aslam, uma advogada de trinta e um anos que decidiu inovar. A startup reúne um grupo de empreendedores e freelancers que exploram uma cidade distinto por mês. Ficam perante sua responsabilidade todos os detalhes: desde acomodações até wifi, passando pelos espaços de coworking.





“No Terminal 3, nós não existem dúvidas que viajar é o melhor investimento no seu crescimento”, diz Mevish. Mevish explica que os programas do Terminal três são desenhados por trabalhadores remotos pra trabalhadores remotos, com duração de seis meses (apesar de que haja a flexibilidade de aderir mês a mês). As Empresas De Maior Destaque No Brasil Em 2018 morar numa cidade por mês, são inseridos pela cultura lugar e vivem como se fossem nativos - e não como turistas.


Para viabilizar o processo, a startup contrata gerentes locais em cada uma das cidades. E teu serviço se divide em duas partes: primeiro, se certificar de que em tão alto grau a acomodação quanto o espaço de coworking tenham um muito bom wifi. Depois, auxiliar o grupo a ter experiências locais autênticas. Além de uma excursão por mês, há um retorno para a comunidade. “Em Marrocos, tendo como exemplo, nós fomos mentores em empreendedorismo social. Como Ser Um Mentiroso Capaz , atuamos como voluntários em um campo de refugiados.


Enfim, todos os integrantes do Terminal três têm um objetivo profissional ou pessoal. E isso pode ser cada coisa, desde montar uma rotina matinal ou um plano de exercícios físicos, até lançar um negócio. O último grupo - batizado de Os Alquimistas - começou em julho de 2015 em Rabat, no Marrocos. Desde dessa maneira, passou por Berlim, Budapeste, Seul, Chiang Mai (a segunda maior cidade da Tailândia) e Bali.


O próximo, denominado como Rumi, está calculado pra maio de 2017 e começará pela Tailândia. De lá, seguirá pra Malásia, Japão, Espanha, Croácia e República Theca. Já sobre as vantagens, Mevish alegou que as lições de existência aprendidas no decorrer do caminho estimulam o crescimento pessoal e profissional. “Pedir sua comida usando a linguagem de sinais, tocar um ônibus incorreto que te leva ao outro lado da cidade, se perder inteiramente, ser convidado pra um jantar por um morador recinto - são estes desafios que nos exercem crescer. Isso não tem preço.


Investimentos em bens materiais não podem obter essas coisas. A executiva assim como é cofundadora da Sprinters, responsável por alavancar uma série de meetups (encontros informais) e hackathons (maratonas de programação) de 3 dias para apoiar as mulheres em startups em todo o mundo. “Nós estamos engajando as mulheres no empreendedorismo e criando irmandades de startups nos quatro continentes”, conta.


(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...